Defesa Civil alerta para chuvas do fim de semana

Foto: Divulgação
Diante das condições climáticas previstas pelo Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar) em todo o estado, a Defesa Civil de Ponta Grossa entra, nesta sexta-feira, em estado alerta, mantendo equipes de plantão. Segundo o coordenador operacional da Defesa Civil, Edson Witek, é importante que as famílias que foram visitadas e orientadas pela Defesa Civil sobre os riscos deixem as casas aos primeiros sinais de perigo.
Outras medidas preventivas que podem ser adotadas, orienta Witek, é colocar tábuas e sacos de areias nas portas para evitar a entrada da água da chuva para dentro da casa. A qualquer sinal de perigo as famílias devem deixar o local e ligar para a Defesa Civil, no número 9144-5724, ou para a Guarda Municipal, pelo 0800-643-2626, ou ainda para o Corpo de Bombeiros, no 193.

De acordo com nota emitida pelo Simepar nesta sexta-feira, a previsão é de que chova entre sábado e quarta-feira 200 mm, quantidade muito acima da média para o mês de julho. Este volume previsto pode causar danos que vão desde alagamentos, enchentes, deslizamentos de terras a estouro de redes de águas pluviais e de esgoto.

De acordo com Witek, o risco é maior nas regiões da Vila Cipa, Vila Lina (Ronda), Vila Vilela, Leila Maria e Vila DER. Estas áreas já foram delimitadas e estão sendo monitoradas pela Defesa Civil. “Estamos organizados, preparados e monitorando a situação nestas áreas de risco”, disse o coordenador, destacando também a parceria que a Defesa Civil vem tendo com o Corpo de Bombeiros, o que garante suporte e agilidade nas ações necessárias.

Em junho, em decorrência da chuva, 32 residências foram atendidas pela Defesa Civil. Destas, 16 foram em decorrência de alagamentos; três por deslizamento de terra; três por quedas de árvores; cinco por desmoronamento; três por rachaduras; e duas foram interditadas, sendo uma por afundamento de piso e outra por desabamento causado pelo deslizamento de terra. 

Fonte: Prefeitura de Ponta Grossa