Lançamento do Livro "Perrengas Princesinas"

“Quem dera encontrar por aqui aquelas calçadas tingidas pelos araçás, amoras, pitangas e jamelões que os pássaros derrubam em ruidosa algazarra! Quem dera rever pelas ruas aqueles sabiás dos tempos de criança, com o peito de ferrugem, os bicos arroxeados e o papo recheado!”

Este é um trecho do livro “Perrengas princesinas”, de autoria do Professor Mário Sérgio de Melo do Departamento de Geociências da UEPG e editado pela Todapalavra Editora, a ser lançado neste próximo sábado.
O livro é uma coletânea de textos, ensaios, crônicas, contos e congêneres, alguns inéditos outros já publicados, que tratam da Princesa dos Campos e suas perrengas, com a esperança de avivar a memória e animar os espíritos para a incessante luta pela construção de uma cidade mais humanizada e mais harmonizada com a natureza que a cerca.
“Perrenga” é uma variação de perrengue, palavra utilizada com o sentido de discussão falta de razão, sobre assuntos que não se resolvem. Os textos tratam da cidade, suas ruas sem árvores, das excentricidades de sua elite econômica e classe política, das controvérsias sobre as unidades de conservação, o lixo, o aterro sanitário, os mananciais, a Universidade, os alunos, o Campus Uvaranas e suas árvores, seus pássaros e cães de rua, as destemperanças da economia, do mercado, da administração pública, dos empreendedores, da grande mídia.. 
O lançamento acontecerá no SESC-Ponta Grossa, Rua Theodoro Rosas, 1247, neste sábado, 11 de julho, a partir das 15h. Durante o lançamento, o autor promoverá uma “gincana de charadas” para estimular a interação entre os presentes e os conteúdos do livro. Os ganhadores serão premiados com um exemplar do livro.
O Professor Mário Sérgio Já publicou alguns livros técnicos (de geologia e meio ambiente) e livros de poesias (“poemecos”, edição do autor, Ponta Grossa, 2005; “cio do século”, Todapalavra Editora, Ponta Grossa, 2010; “memórias amazônicas”, Todapalavra Editora, Ponta Grossa, 2011; “gestação cosmopolita”, Todapalavra Editora, Ponta Grossa, 2014). Participou da antologia “poesia de segunda”, Todapalavra Editora, 2011. “Perrengas princesinas” é seu primeiro livro de crônicas e outros textos congêneres.