I Workshop de Interconexão de Geração Distribuída

Nos dias 12 e 13 de agosto Curitiba vai sediar o I Workshop de Interconexão de Geração Distribuída. Organizado pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Regional (Adram), com patrocínio da Copel, o evento promove o debate sobre as regras e os procedimentos de acesso ao sistema de distribuição, para que os empreendimentos de geração distribuída possam injetar a energia produzida na rede elétrica.


Realizado na sede da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), o workshop vai promover palestras, mesas-redondas e reunir profissionais que são referência na área. Em pauta, além dos aspectos da conexão, serão abordados temas como a legislação que organiza a atividade, a tecnologia necessária para desenvolver a geração distribuída no Brasil, a certificação de equipamentos e a experiência de distribuidoras, instaladores e produtores.

O evento ganha importância diante do cenário atual do setor elétrico, caracterizado pela ausência de chuvas regulares e pela necessidade do despacho permanente de usinas térmicas, que levam ao aumento do custo de energia. Paralelamente, o apelo pela sustentabilidade e a busca pelo uso eficiente da energia elétrica exigem soluções que contribuam para o desenvolvimento econômico e sejam, ao mesmo tempo, ambientalmente responsáveis.

Com a conexão da geração distribuída ao sistema elétrico, empresas, produtores rurais e consumidores em geral que tiverem interesse em implementar pequenas centrais geradoras podem produzir a energia necessária para o consumo e disponibilizar o excedente na rede da distribuidora. Eles poderão escolher entre comercializar a energia ou usar o modelo de compensação, no qual a energia injetada é transformada em créditos a serem consumidos em outro momento. Na prática, a geração distribuída contribui para diminuir custos, descentralizar a produção de energia e torná-la mais eficiente.

“É uma oportunidade formidável para a Copel ser a anfitriã de um evento que busca soluções sustentáveis e eficientes para o uso da energia”, ressalta o presidente da Copel, Luiz Fernando Leone Vianna. “A geração distribuída é uma solução que está alinhada ao perfil de investimentos da Copel e pode representar uma alternativa para as empresas que investem cada vez mais em sistemas com menor custo energético e impacto ambiental”.

Legislação
Um dos aspectos essenciais quando se fala em geração distribuída é a regulamentação da atividade e a participação dos geradores independentes. Nesse sentido a programação do workshop vai abordar as resoluções que estabelecem as condições gerais de acesso à geração distribuída no Brasil.

Inscrições
O workshop é destinado a profissionais do setor de energia e a empresas e consumidores que têm interesse em participar do processo de geração distribuída. 

Para se inscrever, basta acessar o site www.workshopgd.com.br ou enviar um e-mail para contato@workshopgd.com.br.

Fonte: COPEL