Ônibus da Saúde retoma atividades

Programa já atendeu mais de 6.500 pessoas em regiões que ainda não contam com unidades de saúde, em ações de prevenção e combate a doenças
Foto: Divulgação
Ontem quinta-feira (30), o projeto “Saúde Ponta Grossa”, conhecido popularmente como “ônibus da saúde”, voltou a funcionar. Em 10 meses, o projeto já atendeu mais de 6,5mil pessoas, trabalhando na prevenção de doenças como a hipertensão e diabetes, além de distribuir camisinhas para o combate a doenças sexualmente transmissíveis.
Durante toda a manhã, os moradores de Arroio Madureira receberam orientações e puderam ser atendidos. O tempo de espera foi pequeno, pois o ônibus conta com dois médicos para as consultas.
Foto: Divulgação

De acordo com o vice-prefeito, José Carlos Raad, o dr. Zeca, o projeto ajuda a diminuir as filas nos postos de saúde e proporciona atendimento para pessoas que moram em localidades onde não existem Unidades Básicas de Saúde (UBS). “No ônibus nós atendemos, fazemos encaminhamentos, além de orientações para diabéticos e hipertensos. Essas pessoas recebem não só medicamentos, mas sugestões de dietas para uma vida mais saudável”, explica.
Foto: Divulgação
A unidade móvel foi adquirida pelo Programa Municipal DST/AIDS, ligado à Secretaria de Saúde e percorre 31 localidades de Ponta Grossa que não possuem UBS. O ônibus da saúde conta com uma equipe multidisciplinar composta por médico, nutricionista, enfermeira, auxiliar de enfermagem e educadora física.
Foto: Divulgação
O prefeito Marcelo Rangel avalia que este tipo de projeto promove a educação em saúde e melhora a qualidade de vida da população, como também diminui o número de internamentos. “Os pacientes diabéticos e hipertensos recebem os medicamentos e são monitorados, assim os casos não se agravam. Quando estas pessoas não recebem os cuidados adequados, já chegam aos hospitais em estado grave. Este é um trabalho de prevenção e que pode salvar muitas vidas.”

Fonte: Assessoria de comunicação da prefeitura de Ponta Grossa