Repasse à agricultura familiar aumenta em 200%

Fonte: Divulgação
Os pequenos produtores da região de Ponta Grossa têm um bom motivo para comemorar. Este ano, a Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Abastecimento, já empenhou os recursos destinados aos produtores familiares e os valores nunca foram tão expressivos. Segundo dados da Secretaria de Abastecimento, em 2012, os pequenos produtores da região receberam R$ 310.110 pela produção entregue ao programa Feira Verde. Em 2013, esse valor saltou para R$ 586.705, e em 2014 a Prefeitura de Ponta Grossa já empenhou R$ 964.430 para pagamento dos agricultores.
Os valores foram analisados, nesta sexta-feira (28), durante reunião do Grupo Gestor da Agricultura Familiar, na Secretaria Municipal de Abastecimento. Participaram da reunião o secretário Municipal de Abastecimento, Sérgio Zadorosny Filho, o presidente da Associação Hortifrutigranjeira de Ponta Grossa, Rogério Cavagnari, o diretor financeiro Márcio Ribeiro Ferreira, o diretor do Feira Verde, Valdo Alves Cordeiro, a supervisora administrativa e financeira da SMAB, Edina Vitkoski, o encarregado de projetos da SMAB, Carlos Adriano Caju, e o engenheiro agrônomo da Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária, Michel Demiate. “Nunca os pequenos agricultores do município foram tão valorizados. Passar de R$ 300 mil para R$ 1 milhão em dois anos é um marco histórico da agricultura familiar”, comemora Zadorosny.
Fonte: Divulgação
 O secretário lembra que, em ação inédita, o prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel, por intermédio da Secretaria de Abastecimento, assegurou o aumento do limite anual de compras dos pequenos produtores rurais da cidade através da assinatura do decreto 6902, que regulamenta o Programa Municipal de Aquisição de Alimentos Direto do Agricultor Familiar, há um ano. Com a assinatura do decreto, o limite passou de R$ 4.500 para R$ 8.000 por ano, dobrando os benefícios para os pequenos produtores rurais. “Com isso, estamos viabilizando a compra de mais alimentos do pequeno produtor, que passa a ter a garantia da venda de um volume maior de sua produção. Trabalhamos para projetar e desenvolver o arranjo de produção local, valorizando o setor e fomentando a comercialização de produtos frescos e de qualidade”, destaca o secretário.
O presidente da Associação de Hortifrutigranjeiros, Rogério Cavagnari, agradeceu o apoio do governo municipal e ressaltou que o Grupo Gestor tem como objetivo assegurar condições dignas de trabalho aos pequenos produtores da região de Ponta Grossa. “Agora, com uma demanda maior, os produtores precisam de ajuda para se organizar. Esse é o caminho”, completa Cavagnari.
Segundo dados do Grupo Gestor, o número de agricultores que participam do Programa Municipal de Aquisição de Alimentos Direto do Agricultor Familiar passou de 46 em 2012 para 155 na gestão Marcelo Rangel.
Fonte: Assessoria de comunicação SMAB